MENU

Tóxico - Haikaiss 「LETRA」

Contrabando
Emprego um tempo
Alugo um centro
E la de dentro


Tóxico - Haikaiss 「LETRA」

Contrabando
Emprego um tempo
Alugo um centro
E la de dentro
Faço acontecer!

Pode me ligar.
De chefe, já que tem pra todo mundo
Com qualquer trocado, ter!

Pode vim briga,
É o que nois que quer!
Eu vendo mais que café!



Fuma quem quer
Compra quem quer:

Vivendo a ilegalidade
É o dobro de fé

Sem considerações
Só analise!
Empacotando cada maço
É o cigarro do crime
No contrabando pelo espaço
A bandeira do time na mão
Da povo que se omite


Pra que ninguém opine
Ou pareça que precise
de moeda de cela
Na cadeia, Paraguai,
na fronteira da crise!
Não adianta cara feia,
malandro, tá easy!?
Trampa sem da guela,
essa é expertise..

Novo negócio! Conta, conta quanto fumante vem de sócio!
Suprindo toda mentira, virou meu ócio!
Será que eu posso, será que eu posso?!
De onde, ali, se tira a janta


E vende o almoço
Me fiz de bom moço
Em janeiro, pelo desespero
Mano, foi osso!
Meu calabouço, um furo no bolso
Quero ver vencer, ligeiro, burlando imposto.

Presta atenção nesse fim trágico
Vendo pelo olho mágico.
Vivendo perigosamente;
Mas no esquema tático
Sem teoria sádico
Cada dia de sorte, tru!
Mas faz lembrar que não é à toa


Na vida que eu pratico!
(Pá pá pá! )
Dando fuga na lógica
Coloca a mão pra cima
Mas, como inimigo público
TÓXICO!